Newsletter Indique
ÁREA DO CLIENTE

Login:

Senha:

Esqueci a senha
Utilitários

VEJA O QUE MUDA NO SIMPLES NACIONAL EM 2018


 Novos limites de faturamento

A primeira mudança que merece menção se refere aos novos limites de faturamento para empresas do MEI e Microempreendedores Individuais. O teto de receita bruta durante um ano irá subir de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões (pequenas empresas), de R$ 360 mil para R$ 480 mil (microempresas) e de R$ 60 mil para R$ 81 mil ao ano (MEI).
 
Alíquotas progressivas e redução das tabelas de enquadramento
A partir de 2018, as tabelas de enquadramento de atividades do Simples Nacional passarão a ser apenas 5: Comércio, Indústria e Serviços (três anexos, divididos conforme a modalidade dos serviços prestados).
Para cada anexo do Novo Simples Nacional, alíquotas progressivas serão aplicadas com um desconto fixo aplicado para cada faixa de faturamento.  
 

« Voltar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NOVAS REGRAS PARA APOSENTADORIA SÃO SANCIONADAS...

Prazo para pagamento do documento de arrecadação do eSocial será ...

RETENÇÃO DE INSS NO MEI...

NOVA REGRA DE APOSENTADORIA DARÁ FÔLEGO DE R$ 5 BI A INSS...

SIMPLES DOMÉSTICO: o que muda...

EMPRESAS DO SIMPLES NACIONAL TERÃO QUE TER CERTIFICADO DIGITAL...

Atenção: quinto lote de restituição do IRPF de 2015...

ATENÇÃO: GOLPES DA JUNTA COMERCIAL E LISTA TELEFONICA...

ESOCIAL CONFIRMA FISCALIZAÇÃO TRABALHISTA TOTAL EM 2016...

6 RAZÕES PARA ACREDITAR QUE O BRASIL VAI SUPERAR A CRISE...