Newsletter Indique
ÁREA DO CLIENTE

Login:

Senha:

Esqueci a senha
Utilitários

FIM DO IMPOSTO SINDICAL


Em decorrência da “reforma trabalhista“, promovida pela Lei 13.467/2017, afirma-se que o “imposto sindical foi extinto”, o que não corresponde exatamente à verdade.
Isto porque o imposto referido continua sendo exigido, porém só poderá ser descontado da folha de pagamento do trabalhador sob sua autorização expressa (escrita).
O texto da lei determina que as contribuições devidas aos sindicatos pelos participantes das categorias econômicas ou profissionais ou das profissões liberais representadas pelas referidas entidades serão, sob a denominação de contribuição sindical, pagas, recolhidas e aplicadas desde que prévia e expressamente autorizadas.
A não obrigatoriedade da contribuição sindical também se aplica ao empregador, ou seja, a partir de nov/17 o empregador poderá optar ou não pelo recolhimento da contribuição sindical (devida no mês de janeiro de cada ano sobre o proporcional ao capital social da empresa).
Fonte: Mapa Jurídico

« Voltar

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

RECEITA NOTIFICA AUTÔNOMOS POR SUSPEITA DE SONEGAÇÃO...

RECEBIMENTOS A PARTIR DE R$ 30 MIL EM ESPÉCIE DEVEM SER DECLARADO...

NOVO GOLPE USA NOME DA RECEITA FEDERAL EM CARTA QUE PEDE REGULARI...

BOLETOS EM ATRASO, PARTIR DE R$ 2 MIL, JÁ PODEM SER PAGOS EM QUAL...

NOVAS REGRAS TRABALHISTAS PODEM REDUZIR CUSTOS DA EMPRESA EM MAI...

DECRETO DISPENSA RECONHECIMENTO DE FIRMA E SIMPLIFICA ATENDIMENTO...

O FIM DOS BOLETOS SEM REGISTRO...

EMPREGADOR DEVERÁ INFORMAR CAGED SOBRE EXAME TOXICOLÓGICO DE MOTO...

RESPONSABILIDADE DE EX SÓCIOS EM EMPRESAS...

REFORMA TRABALHISTA: SINDICATO NÃO PRECISARÁ MAIS HOMOLOGAR RESCI...